MENU

Arte contemporânea encontra luxo na nova coleção Artycapucine de edição limitada da Louis Vuitton

A Louis Vuitton apresenta seis artistas contemporâneos globais em seu quarto capítulo de Artycapucines.


A Louis Vuitton apresenta seis artistas contemporâneos globais em seu quarto capítulo de Artycapucines.

A arte provou constantemente suas possibilidades ilimitadas. Seja na criatividade, inovação ou percepção – todas as formas de arte estão constantemente dando sua contribuição para criar novos caminhos que desafiam as normas sociais ou desconstruam as ideologias que as pessoas enfrentam hoje. Podemos lembrar a influência que Vincent Van Gogh não teve em seu auge, mas seu impacto ainda está causando ondas na sociedade atual. A arte transcende o tempo, e vimos a versatilidade que ela tem ao longo dos anos.


Na indústria da moda, é um relacionamento poderoso que artistas e designers utilizam. Criando uma peça que representa essa identidade e mensagem, que depois é transformada em arte vestível. É isso que estamos testemunhando com a nova linha de bolsas Artycapucine da Louis Vuitton.


Em seu quarto capítulo de Artycapucines, a Louis Vuitton leva sua bolsa icônica para a cena contemporânea. Em colaboração com seis artistas globais: Amélie Bertrand, Daniel Buren, Kennedy Yanko, Park Seo-Beo, Peter Marino e Ugo Rondinone, é evidente que a Louis Vuitton está sempre em busca de um virtuosismo incrível.



Amélie Bertrand


No design de Amélie Bertrand, apresenta o uso de um tratamento de pigmento inovador pintado no Capucine, criando uma fosforescência radiante e quente. Este design em particular é considerado o primeiro Capucine que brilha no escuro com um motivo inspirado na atmosfera da vida noturna de verão.


Daniel Buren


Conhecido por seu jogo de criar peças com “designs duplos”, Daniel Buren projetou a Capucine com elementos tão singulares. Feito com suas listras pretas e brancas na alça, seu conceito de design duplo foi então executado com toques simples: metades simétricas que contêm couro Louis Vuitton Tourillon de cores diferentes, bem como as abas semicirculares.


Kennedy Yanko


A arte de Kennedy Yanko toca na percepção e na técnica meticulosa. Infundindo sua arte em metal e “pintura de pele” na Capucine, ele se tornou o primeiro design impresso em 3D da Louis Vuitton que tem efeitos devastadores de ferrugem espalhados por ele. A bolsa visualmente marcante passou por um longo processo para aperfeiçoar o efeito de metal e “pintar pele”, que vemos hoje. Outra razão para amar esta bolsa é sua versatilidade com sua alça removível, oferecendo duas opções em uma.


Park Seo Bo


Feito com técnicas tão meticulosas e alto respeito pela arte, o design de Park Seo-Bo deriva de sua série Écritures de 2016. A recriação das texturas táteis foi feita com várias etapas, desde uma injeção de borracha 3D altamente detalhada até toques de couro acabados à mão que garantem uma pátina profunda no exterior. Quanto aos acentos de acabamento, Park Seo-Bo incluiu um design simples na parte inferior do Capucine - cada pino mostra a flor do monograma da Louis Vuitton, que foi inspirada nos parafusos que Park Seo-Bo tem usado em seus trabalhos.


Peter Marino


Peter Marino toma uma direção diferente ao vestir a Capucine em um design todo preto. Uma cor clássica projetada com qualidades tão marcantes e patchwork preciso, o acabamento consiste em tiras cortadas à mão do nobre couro de bezerro Louis Vuitton, bem como 315 tachas leves que decoram o corpo da bolsa. Para um toque sensual, Peter Marino desenhou um detalhe em forma de chicote para a alça que foi trançada à mão.



Ugo Rondinone


Encerrando a coleção, Ugo Rondinone traz um design dinâmico que irradia tanta energia positiva. O motivo de estilo arlequim que enfeitou a bolsa é um aceno para sua exploração de palhaços. Feitos com bordados à mão, os desenhos levaram cerca de 15.000 miçangas, que foram enfeitadas ao redor da bolsa para criar maior dimensão e volume. Grânulos impressos em flores 3D também foram usados para fazer referência às suas esculturas em 1988, e foram formados em um clássico padrão Louis Vuitton Monogram.


A nova linha Artycapucine explora a inovação sem limites no mundo da arte, e essa é uma seleção que oferece uma ampla gama de designs que mostram identidades distintas dos seis artistas contemporâneos.


#Novacoleção #Artycapucine #ediçãolimitada #LouisVuitton #arquitetoPeterMarino #PeterMarino #petermarinoarchitect #artycapucinescollection #artycapucines


#LV #bolsas #exclusive #exclusivo #bolsasdeluxo #artigodeluxo #moda #fashion #lifestyle #luxury #luxo #mercadodeluxo #limitedcollection #capucine

#UgoRondinone

#ParkSeoBo

#KennedyYanko

#DanielBuren

#AmélieBertrand




6 visualizações0 comentário