Farfetch: O consumo "consciente" aumentou significativamente em 2021.

O varejista eletrônico publicou seu último relatório sobre o consumo sustentável de seus usuários. Com um aumento de 93% nas buscas por produtos “conscientes”, a sustentabilidade está mais do que nunca no centro das aspirações dos clientes.


Farfetch: O consumo "consciente" aumentou significativamente em 2021.
Trends 2022 de luxo consciente

A crise da saúde reforçou os critérios de compra dos consumidores da Farfetch.


Como parte de seu estudo anual Conscious Luxury Trends 2022, o site de comércio online Farfetch revelou as novas tendências de consumo de um painel representativo de seus 3,6 milhões de clientes ativos de luxo em mais de 190 países.


Em 2021, 16% dos clientes compraram um produto dito “consciente” – caracterizado por materiais eco-responsáveis, uma cadeia de suprimentos ou mesmo certificações eco-responsáveis ​​– e 60% dos entrevistados consideram que suas compras de moda foram geralmente sustentáveis. Pelo dinamismo desse consumo, as buscas por artigos verdes aumentaram 93% em relação ao ano anterior.


O relatório mostrou que os clientes priorizaram amplamente as propriedades com impacto positivo no meio ambiente. O primeiro critério do consumidor manteve-se a qualidade duradoura da peça, enquanto os demais principais elementos no ato da compra se dividiram entre o bom tratamento dos trabalhadores, marcas e materiais eco-responsáveis, a não utilização de animais na cadeia de suprimentos e transparência do produto.


De fato, mais de um em cada dois clientes indicou que desejava informações sobre a origem do artigo. A tecnologia também é uma das chaves para o futuro traçado pela Farfetch para melhorar os dados e informações sobre a oferta da plataforma, como evidenciado pelas tags NFC da Mulberry.


Enquanto 11% dos entrevistados disseram que começaram a comprar roupas de luxo de segunda mão para reduzir seu impacto no meio ambiente, espera-se que a tendência se fortaleça nos próximos meses, pois 41% dos clientes se consideram propensos a comprar peças de luxo de segunda mão no futuro .


Para responder a estes novos padrões de consumo, as marcas presentes na Farfetch reforçaram a sua estratégia de RSE durante 2021. Assim, 56 casas melhoraram a sua pontuação num dos setores avaliados, nomeadamente pessoas, planeta e energia. animal, e 30% venderam pelo menos um produto "consciente" no ano passado.



#LUXODURÁVEL #LUXO #LUXOCONSCIENTE #FARFETCH #MODA #TENDÊNCIADEMERCADO

0 visualização0 comentário

© 2022 by ​Evelyn

Evelyn Digital
  • TikTok
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Amazon
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram

contato@evelyn.digital

tel. 16-99975-1705