top of page

Guerlain vai dedicar uma exposição a artistas ativistas

Neste outono, a casa de beleza apresentará uma iniciativa inédita dedicada ao compromisso das mulheres.


Arte de abelha por Guerlain: os ativistas.

Enquanto a Guerlain revelou recentemente uma série de trabalhos NFT ligados a uma causa ambiental, o selo do grupo LVMH está mais uma vez contando com a arte para ecoar seus compromissos.


©Dalila Dalléas Bouzar - Untitled #8 (Série ma demeure)
©Dalila Dalléas Bouzar - Untitled #8 (Série ma demeure)

Louise Bourgeois, Nancy Spero, Thu-Van Tran, Kiki Smith... A partir de 19 de outubro e sob a supervisão da curadora da exposição Caroline Messense, a casa vai expor cerca de vinte artistas de diversas origens e cujas obras - desenhos, pinturas , fotografias, esculturas - destinam-se a transmitir significado.


“Além de tornar visíveis os problemas de nossa sociedade, a obra desses artistas desafia, até perturba. isso de forma pungente. A violência social, as desigualdades de gênero, a invisibilidade das mulheres e os desequilíbrios políticos também são expressos em suas obras”, indica a marca em nota de intenção.


Organizado como parte do evento Paris+ pela Art Basel, este programa é a 15ª exposição de arte contemporânea organizada pela Guerlain em sua flagship store na Champs-Elysées, que recentemente foi objeto de uma experiência imersiva surpreendente dedicada ao sono.


Exposição "Militantes".

De 19 de outubro a 14 de novembro de 2022.

Maison Guerlain, 68 Champs-Elysées, Paris 8.

ENTRADA GRATUITA.


4 visualizações0 comentário
bottom of page